Início do conteúdo

	
	

Ingressos de Diplomados (técnicos e graduados)

Capítulo II - Do ingresso e da Matrícula

sumário

 

Art. 46 - O ingresso nos cursos do CEFETCE se dará das seguintes formas:
a) nos cursos técnico, técnico integrado, superior de tecnologia e licenciaturas, mediante processo seletivo público/vestibular, obedecendo ao Edital que determinará o número de vagas e o critério de seleção;
b) nos cursos de educação de jovens e adultos por meio de processo seletivo específico a essa modalidade de ensino;
c) nos cursos de educação inicial e continuada para trabalhadores, poderá ser feito processo seletivo, dependendo das condições de oferta e de demanda.


Art. 47 - Aos diplomados nos cursos técnicos e de graduação será concedido ingresso mediante os critérios:
a) existência de vaga;
b) maior número de disciplinas a serem aproveitadas no curso solicitado;
c) entrevista para os cursos de Artes.

§ 1° - Ao requerimento deverão acompanhar os seguintes documentos:
a) Histórico escolar;
b) Diploma;
c) Programas das disciplinas cursadas, autenticados pela instituição de
origem;
d) Currículo artístico/profissional (para os cursos na área de Artes).

§ 2°- O CEFETCE não receberá alunos oriundos de cursos seqüenciais.

Art. 48 - O processo de matrícula nos cursos de graduação será por disciplina, priorizando-se:
a) as disciplinas do semestre regular;
b) o desempenho acadêmico do aluno, expresso pelo Índice de Rendimento Acadêmico (IRA) para as disciplinas fora do semestre regular, que será obtido pelo somatório de notas, multiplicado pelos créditos, dividido pelo somatório de créditos;
c) as disciplinas consideradas pré-requisitos;
d) as disciplinas pendentes.
Parágrafo Único A matrícula será semestral e obrigatória em todas as disciplinas no primeiro semestre. Nos demais semestres, poderá ser feita ,no mínimo, em quinze e, no máximo, em trinta e dois créditos.

Art. 49 - Não será permitida a matrícula de alunos em dois cursos do mesmo nível.

Parágrafo único - Será permitido ao discente matricular-se em disciplina ofertada em outro curso, desde que a disciplina faça parte de sua matriz regular, o curso seja do mesmo nível e não haja choque de horário.

Art. 50 - O ajuste de matrícula será permitido, nos cursos de graduação dentro dos prazos previstos no calendário letivo, aos alunos que necessitarem faze alteração no que diz respeito a:
a) cancelamento de disciplina;
b) inserção de disciplinas onde houver vagas, dependendo da correlação de conteúdos e créditos com o seu curso, respeitados os pré-requisitos.

Art. 51 - Em todos os cursos, o aluno maior de idade fará sua própria matrícula; ao passo que o de menor idade deverá ser acompanhado por um dos pais ou responsável.

Art. 52 - Será admitida matrícula de aluno especial, nos cursos técnicos e de graduação, desde que haja vaga na(s) displina(s) solicitada(s) e o requerente seja diplomado no nível respectivo ao pretendido.

§ 1° - Ao requerimento deverá acompanhar os seguintes documentos:
a) cópia do diploma
b) histórico escolar


§ 2° O aluno especial poderá cursar, no máximo três disciplinas, podendo aproveitá-las, caso ingresse no CEFETCE.

Documentos

sumário

Transferências

Contato

sumário

Instituto Federal do Ceará
Av. Treze de Maio, 2081 - Benfica - Cep:60040-531 - Fortaleza - CE
Fone: 3307-3666

 

Fim do conteúdo
 

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará
Reitoria: Avenida Rui Barbosa, 2847 - Joaquim Távora - Fortaleza/CE  - CEP: 60115-222  - Fone: (85) 3401.2500 / Fax: (85) 3401.2323

Clique aqui para visualizar o endereço dos campi


Site melhor visualizado com a resolução 1024×768 ou superior. Para uma melhor experiência com a navegação, utilize o Mozilla Firefox.